quarta-feira, 1 de junho de 2011

Entrevista a Syn Gates (Golden God Awards)

Depois dos Avenged Sevenfold terem sido a banda que mais prémios arrecadou nos prémios "Revolver Golden God Awards o Synyster Gates deu uma entrevista. Como à algum tempo que os Avenged Sevenfold Portugal têm estado parados devido a falta de tempo, aqui vai essa mesma entrevista!


Revolver:
Voces foram os que ganharam mais trófeus nos Golden Gods. O que sentiste depois de ter ganho tantos prémios?
Syn:
Parecia que não estava preparado para esse momento. Mas certamente não o mereço...Eu não sei, foi muito dificil de explicar! Porque ninguém nos disse e não saberiamos como iria ser. Foi surreal. Devido a isto foi bastante surpreendente, chocante e espectacular! Ficamos muito felizes depois deste acontecimento.

Revolver:
Os vossos fans através da internet votaram em vocês, foi por isso que ganharam.
Syn:
Foi mesmo? Isso é maluquice.

Revolver:
Então o que vais fazer com todos esses troféus?
Syn:
Tenho um lugar para eles em casa. Vão para juntos de outros prémios que ganhamos ao longo dos anos.

Revolver:
O prémio de melhores guitarristas foi para ti (Synyster Gates) e o para o Zacky Vengeance. Toda a comunidade dos Golden Gods estava a tentar manter segredo que seria o Lars e o Robert dos Metallica a entregá-los antes do vosso concerto. Quando descobriram isso?
Syn:
Provavelmente uma hora antes de termos tocado. Não estava completamente confirmado, era apenas um rumor. E é mesmo assim: quem esteja no nosso campo, assim que ouve algo, não guardam segredos nenhuns.

Revolver:
Para além do Lars e do Rob, com quem mais vocês gostariam de falar e ter umas ideias?
Syn:
Dave Coverdale dos Whitesnake e os poucos conhecidos "Coverdale and Page"! Um grupo que surgiu num único albúm acho eu. Um dos maiores, Jimmy Page. Era um grande fã dele. Ele era mesmo,  mas mesmo muito bom. Chris Jericho, ele é um amigo nosso. Pessoal muito fixe, percebes?

Revolver:
Isso é espectacular. Um dos maiores momentos da noite foi quando vocês tocaram "Mouth For war" com o Vinnie Paul. Estavam nervosos nesse momento?
Syn:
Essa é uma daquelas músicas brutais. Por isso treinamos, mas quando tu te envolves nessa tipo de coisas, aprender os riffs, a letra e todas essas porcarias, o teu mundo vira-se ao contrário. Ao tocar isso tranformas-te numa pessoa diferente nos minutos em que o tocas. Essa múisca é manhosa. Só o ritmo destrói-te os antebraços depois de a tocares. Já escremos cenas muito manhosas, mas nada com aquele calibre. E queriamos mesmo ir lá e "manhar" como nunca manhamos antes!

Revolver:
Outra colaboração especial foi quando vocês tocaram com os Duff. Vocês não fizeram o sound check com eles por isso como é que acham que correu?
Syn:
Eu achei fantástico. Eu toquei um pouco de bateria também, e o Vinnie é um grande ídolo meu, por isso, tocar com ele foi a melhor parte do concerto. Mas certamente em segundo lugar, ouvir o Duff a cantar, é frio como o caraças! Esse gajo tem uma voz, rock-and-roll, punk-rock-esque que soa merdosa e espectacular.

Revolver:
Ele estava em sintonia perfeita com o M.Shadows .
Syn:
Sin, estavam a cantar numa sintonia perfeita. Ele parecia um punk escumalha. Ele tem essa grandesa, uma voz cheia de alma, é uma voz do estilo Gun's and Roses. Não sabia que ele tinha feito um trabalho vocal tão bom.

Revolver:
O Matt disse no palco que vocês raramente tocam em programas televisivos ou programas de prémios. Porque?
Syn:
Sim, posso parecer um idiota, mas é por insegurança. Nunca tocamos em shows cobertos pela TV. Não tocamos esse género de coisas. Não achamos que soamos bem o suficiente. E não queremos ser uma banda de arena. Queremos que os nossos concertos sejam gigantes e enormes SEMPRE, o que não é possivel na televisão. Mas devido a como vocês foram para nós, quisémos mesmo faze-lo, ouvimos o quão bom era este show e o quão grande queria e será e fizémo-lo.
E estamos radiantes por o ter feito, foi inacreditável.


Os Avenged Sevenfold ganharam os seguintes prémios:
        • Best guitarists (ZackyV. e SynG.);
        • Best drummer (Mike Portnoy - Devido à sua participação nos Avenged Sevenfold);
        • Best vocalist (M.Shadows);
        • Album of the year (Avenged Sevenfold - Nightmare)

Comentários
Facebook Comments by Blogger Widgets